quinta-feira, 3 de abril de 2008

Visita à casa




A semana está sendo muito puxada. Depois de passar o fim de semana viajando e trabalhando, visitas consecutivas à fornecedores de casamento tomam-me o tempo. Ontem foi o dia de visitar a casa onde será a cerimônia, casa esta onde passei férias douradas, fins-de-semana de intensa liberdade e contato com a natureza, onde comemorei os mais esperados aniversários de infância, casa que é o legado da família Barata agora ameaçado pela violência dos tempos modernos.

Sempre soube que um dia casaria ali.
E voltar ontem, depois de tanto tempo, vendo a casa abandonada por nós pelos infortúnios provocados pelo crime, foi ver como ela resiste, impávida.
A casa tem alma própria, e reflete cada dia de felicidade vivido ali.
Ela estava ainda mais bonita. A grama frondosa se estendia por todo o terreno. Sem as marcas de pneus de carros entrando e saindo diariamente, era um tapete para os cães saltitantes que comemoravam a imensa vida que toma conta da casa. Os pilares também estavam vivos, abraçados por imensas plantas de folhas magnificentes. Eu já havia me esquecido a quão viva era minha casa!

Confesso que me emocionei. Fui imaginando cada cena da cerimônia e da festa acontecendo.
Me vi entrando nave adentro, em direção ao altar.
Vi meus amados convidados bebendo e dançando, meus primos me abraçando, meus padrinhos rindo alto e contando as mesmas histórias que já sei, e que não me canso de ouvir contarem...
Pude ver até vislumbrar meu pai na ponta da varanda, já esquecido do alto investimento que o incomodou durante os meses de preparação, e com um sorriso de anfitrião que toda noiva sonha ver nos lábios do pai no dia D. (ou C, sei lá)

Os comentários de meus acompanhantes só enalteceram a casa que tanto amo.
Confirmei: escolhi a casa perfeita para o tema perfeito. Ganhei um novo gás para continuar.
Tudo isto vai valer a pena.

3 comentários:

Emmanuel Mirdad disse...

Ops! Faltou isso aqui:
"passeando, vi numa pontada de olho um grandão cabeçudo me olhando com intensa ternura, acoplado ao abraço carinhoso de sua loira charmosa"

ehehe
não falta mais...

Zeza disse...

Emmi!
Olha, poderíamos ter nos encontrado! Nem me fale no Tivoli... bom demais.
Bem a viagem foi ótima, emocionante estar com a familia novament e o casório da amiga um espetáculo a parte!

Seu post está tão liiindo... fiquei imaginando tudo!

Ah! Já já te adicionarei no msn.
Beijocas

lu aith disse...

Que post maravilhoso!

Que casa é essa?