sexta-feira, 6 de junho de 2008

Meu 1 º casório na roça

Festa da empresa, ontem, organizada por mim.
Trabalho numa fábrica com 50 operários, e cerca de 15 funcionários de setor comercial/ administrativo.

Pois no escritório não consegui casar.

Meu noivo da roça, um funcionário menino-amarelo criado-por-vó jogando-gude-no-tapete e empinando-pipa-no-ventilador, do dep. comercial, ficou doente, atestado de 2 dias em casa.
Pra mim isso foi desculpa pra fugir da responsabilidade.

Nunca vi isso, largar mulher grávida no altar.

E toco a procurar, meu noivo caipira, entre os funcionários do escritório, que deram a idéia e me elegeram noiva.

Fui rejeitada por todos.

O coroa gerente de produção que ia ser meu pai na peça se candidatou.

"Não dá, você é o único na fábrica que tem idade pra ser pai dela."

Ele insistiu, mas ninguém deu bola.

Entre pôr refrigerante no gelo e arrumar as mesas, receber a banda, comecei a ficar procupada.

Chegava a hora do casório e nada de noivo.

Danei-me.

Desci pro chão de fábrica, no meio do pó de madeira e das máquinas pesadas e gritei:

"Quem quer casar, com Dona Baratinha, que tem véu plástico bolha e dinheiro na caixinha???"
(não compramos tule pro véu e no improviso virei a noiva-sedex)

Pois nem pisquei.

Dava pra fazer sorteio de noivo.

Escolhi o mais baixinho de todos, 1,45m.

A esta altura ele já havia aparecido de calça social e camisa de botão de mangas compridas
(o traje do operário pra festa da empresa, que gracinha!)

Noivo arranjado, problema solucionado.
Comi bastante pra conseguir estufar uma barriga de grávida.
Me embalei no plástico bolha, arranquei o sabão de côco que fazia suporte pras flores do arranjo da sala da casa de minha chefe, dei o braço pro gerente-pai, e adentrei o galpão.

E assim, casei pela primeira vez.

4 comentários:

Isabela disse...

Como assim ?
Fizeram um casamento de brincadeirinha ? rs
Nós casamos na festa junina...depois vou fazer um post com as fotos, foi muito legal...

bjs

Emmanuel Mirdad disse...

Excelente texto!

lu aith disse...

Vc escreve tão bem, Marla!
Parabéns pelo primeiro :o)

Bia e Cris disse...

Você vai ser a única noiva que vai casar no caipira duas vezes! Uma, inclusive, de verdade!
Já falei que estou numa curiosidade enooorme nesse casamento seu, né?

Beijos!

Ps.: O post da faxina deu cansaço até em mim! Fiquei com peninha de vocês... vocês tentaram aspirador de pó?